Cidades imperdíveis próximas a New York City

Se você está prestes a visitar NYC e tiver tempo de sobra, saiba que há cidades bem interessantes e próximas à Big Apple que valem muito a pena conhecer. O tempo de viagem até a mais distante da lista é de, aproximadamente, 3 horas e meia. Lembrando que de trem é possível reduzir consideravelmente esse tempo. Muita história, cultura e diversão esperam por você!

Baltimore, Maryland

Vista parcial do Inner Harbor / Crédito da foto: Mislene Santos

Vista parcial do Inner Harbor / Crédito da foto: Mislene Santos

A maior cidade do
Estado de Maryland é linda e muito charmosa. Partindo de New York City, são cerca
de 3 horas de viagem. Comece o passeio pelo imperdível Inner Harbor, principal atração turística da cidade. À beira do Rio
Patapsco, você encontrará diversas atrações, como o National Aquarium, o Maryland Cience Center, passeios de barco, visita a navios históricos,
restaurantes (incluindo uma churrascaria brasileira), lojas e muito mais. Não
muito longe dali está o Fort McHenry
National Monument
, construído para proteger a cidade durante a Guerra de
1812. Francis Scott Key escreveu o hino nacional americano depois de
testemunhar o bombardeio ao forte pelos britânicos em 1814. Para os fãs de
esportes, vale a pena assistir a uma partida de baisebol no estádio do Orioles,
famoso time local.

Onde se hospedar: O Four Seasons Hotel Baltimore é o nosso campeão de hospedagem na
cidade. À beira da baía, oferece uma vista incrível e privilegiada para o mar,
especialmente da piscina infinita no topo do prédio. Os quartos são modernos, luxuosos
e espaçosos. O amplo spa conta com 11 salas para diferentes tratamentos estéticos.
O Four Seasons possui uma expressiva coleção de arte, a maior de Baltimore fora
de uma galeria. Na hora de exercitar, faça bom uso do grande e moderno fitness
center, que funciona 24 horas por dia e mima os hóspedes com toalhas, fones de
ouvido e bebidas à vontade.

Boston, Massachusetts

A família de patos é a atração principal do Public Garden / Crédito da foto: Mislene Santos

A família de patos é a atração principal do Public Garden / Crédito da foto: Mislene Santos

Reduto de uma grande parte de brasileiros que mora nos Estados Unidos, Boston
é cheia de histórias para contar. A distância, saindo de New York City, é
curta: aproximadamente 3 horas e meia. Renomadas instituições de ensino, como a
Harvard University e o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), têm sede
em Cambridge, área metropolitana de Boston. Para conhecer a maior parte das atrações
locais é fácil: basta seguir os tijolos vermelhos no chão. O Freedom Trail, circuito gratuito a pé, é
composto por 16 pontos de interesse histórico, como igrejas, monumentos,
prédios públicos, entre outros. Saindo do circuito, suba os quase 300 degraus
do Bunker Hill Monument e conheça
Boston de um outro ângulo. A entrada é gratuita e o passeio imperdível. Outra
sugestão que não pode ficar de fora da sua lista são as esculturas de bronze de
uma família de patinhos no Boston Public Garden. A mãe, seguida por seus oito
filhotes, é uma das atrações mais famosas da cidade.

Onde se hospedar: Outro Four Seasons que faz sucesso é o de Boston, conhecido por oferecer
o melhor serviço da cidade. A excelente qualidade do atendimento é um dos bons motivos
que o deixa à frente de hotéis da mesma categoria. Possui excelente
localização: do outro lado da rua fica o famoso Public Garden e, a poucos
blocos dali, o início do Freedom Trail. O hotel é cercado por lojas de luxo,
que combinam em número e grau com seu estilo elegante. A área da piscina indoor tem janelas grandes que oferecem vista para o parque. Logo
pela manhã, encontre muffins deliciosos e café recém-preparado à sua espera no
lobby.

Newark, New Jersey

Uma das principais ruas da cidade / Crédito da foto: Adam Moss (Flickr Creative Commons)

Uma das principais ruas da cidade / Crédito da foto: Adam Moss (Flickr Creative Commons)

Trinta minutos de
viagem é o tempo que você vai levar para se sentir em casa novamente. Uma
grande comunidade de brasileiros encontra refúgio em Newark, que também é
habitada por portugueses e imigrantes de língua espanhola. O idioma menos
ouvido pelas ruas é o inglês, o que pode ser um alívio para muitos. A cidade é
a mais populosa do Estado e abriga um dos principais aeroportos do país, e um porto. Nos arredores da Ferry Street você vai encontrar churrascarias,
salões de beleza com profissionais brasileiros, supermercados onde é possível
comprar o nosso feijão, pão de queijo congelado e muitos outros produtos da
terrinha. Aproveite a visita para conhecer o Prudential Center e confira shows de músicos consagrados e
competições esportivas. O New Jersey
Performing Arts Center
também é uma ótima opção de entretenimento, já que
conta com apresentações de dança, música, teatro e outros eventos artísticos. O
Newark Museum é o maior museu de New
Jersey e possui coleções de arte de várias partes do mundo, além de concertos, performances e 
programas variados para toda a família.

Onde de hospedar: Bem localizado, o Best Western Plus Robert Treat Hotel fica em frente ao
New Jersey Performing Arts Center. Não
muito distante dali estão outras atrações locais e edifícios comerciais. Os
quartos são limpos, têm móveis novos e janelas amplas, mantendo o ambiente
sempre iluminado. Em sua grande maioria, os hóspedes estão na cidade a
trabalho, o que varia quando algum jogo importante ou show de artistas consagrados acontecem na região.
Apesar de pago, o serviço de transporte para os aeroportos é muito útil e sai bem mais
em conta do que alugar um carro. O café da manhã e o uso do Wi-Fi são
gratuitos.

Philadelphia, Pennsylvania

Philadelphia Museum of Art, um dos cenários do filme 'Rocky, um lutador' / Crédito da foto: Mislene Santos

Philadelphia Museum of Art, um dos cenários do filme ‘Rocky, um lutador’ / Crédito da foto: Mislene Santos

Prepare as pernas para
andar muito por Philly. O que não faltam são atrativos pela cidade, capital do
Estado da Pennsylvania e localizada a menos de duas horas de New York City.
Comece o passeio conhecendo o Liberty
Bell
(Sino da Liberdade), objeto de grande valor histórico para os americanos, usado em vários momentos importantes do país. O principal deles foi durante a
leitura da Declaração da Independência, em 1776. O sino pode ser visto durante
visita ao Liberty Bell Center e a
entrada é gratuita. E quem não se lembra daquela cena inesquecível do filme em
que Rocky Balboa, personagem de Sylvester Stallone, sobe correndo as escadarias do Philadelphia Museum of Art? Não perca a
chance de repetir o feito e registrar uma foto ao lado da estátua de Rocky. Considerado um dos mais importantes do país, o museu tem obras de artistas
mundiais renomados. Devido ao seu tamanho, muitos concordam que um só dia não
é suficiente para ver tudo. Então, programe-se! Se a fome apertar, dê um pulo no
Reading Terminal Market, onde você
encontrará iguarias de países de todo o mundo, além de artesanato, flores,
bebidas e muito mais. Localizado no Centro da cidade, o mercado abre todos os
dias da semana e atrai um público fiel em busca de produtos únicos.

Onde se hospedar: O deslumbrante
edifício de 1904, onde hoje funciona o The Ritz-Carlton, Philadelphia, um dia
pertenceu a um banco. A arquitetura, em estilo neoclássico, é o que mais chama
a atenção no hotel. O impressionante lobby possuiu uma grande rotunda e é
cercado por colunas de mármore. Os caixas onde os atendentes do banco trabalhavam
continuam preservados ali. As suítes são grandes e elegantemente decoradas. Nos
banheiros, chuveiro e banheira estão separados um do outro.

Washington, D.C.

Os jardins da Casa Branca / Crédito da foto: Mislene Santos

Os jardins da Casa Branca / Crédito da foto: Mislene Santos

A capital dos Estados
Unidos é, sem sombra de dúvidas, uma das mais bonitas e interessantes cidades
do país. Saindo da Big Apple, você chega lá em cerca de 3 horas e meia. Quer um
incentivo? Grande parte dos museus e atrações turísticas tem entrada gratuita. Uma
visita à Casa Branca, residência oficial do presidente Barack Obama, é parada
obrigatória. Apesar do tour ser gratuito, visitantes estrangeiros devem
procurar a embaixada de seu país na cidade para fazer o agendamento com meses
de antecedência. Já no National Mall,
você terá a oportunidade de conhecer a maior coleção de monumentos ao ar livre do país: Washington Memorial (estrutura com 185
metros de altura aberto à visitação), Capitólio
(centro legislativo americano, também aberto à visitação), Lincoln Memorial (onde está uma estátua gigante de mármore do
ex-presidente americano), além de vários outros monumentos e importantes museus.

Onde se hospedar: O premiado The
Jefferson, Washington DC
tem uma grande variedade de lindos e elegantes quartos,
além de suítes temáticas. O hotel mantém aspectos menos conhecidos da vida de
Thomas Jefferson, ex-presidente americano. Exemplos: uma biblioteca com expressiva
coleção de livros antigos (Jefferson era apaixonado por literatura) e um pequeno
elevador para objetos (invenção do ex-presidente) na sala de jantar, usado para
transportar garrafas de vinho armazenadas no porão do prédio. O hotel é muito bem localizado,
próximo a várias atrações turísticas e a poucos metros da Casa Branca. Quer
deixar seu sapato brilhando? No The Jefferson eles cuidam disso para você sem custo
adicional. A roupa está amassada? Eles passam até um item por dia
gratuitamente.