Os lugares mais perigosos para viajar em 2019

Colima, Mexico / Oyster
Colima, Mexico / Oyster

Viajantes ansiosos e avessos ao risco devem planejar férias na Noruega, Finlândia, Dinamarca ou Islândia este ano. Por quê? De acordo com um novo mapa projetado para viajantes, esses países são alguns dos lugares mais seguros do planeta - o que não surpreende, dada a classificação consistente deles em listas dos lugares mais felizes do mundo para se viver também. Enquanto isso, Afeganistão, Somália, Líbia, Iêmen, Sudão do Sul e Síria desembarcaram no lado oposto do espectro, rotulado como tendo um risco extremo para a segurança. Partes do México foram consideradas de alto risco, assim como partes do Caribe.

Além da segurança, o mapa interativo codificado por cores - divulgado pela International SOS e pela Control Risks - avalia o risco com base na segurança no trânsito e em questões médicas. Por exemplo, viajantes que visitam lugares como Sudão do Sul, Níger, Costa do Marfim, Serra Leoa, Iraque, Venezuela e Líbano se arriscam a contrair uma doença ou a ter um problema médico. Por outro lado, o Canadá, os EUA, a Nova Zelândia e o Japão apresentam um risco baixo, e o Brasil, a China e a Rússia estão arquivados sob “risco variável”.

Segundo a Ipsos MORI Business Resilience Trends Watch 2019, 43% daqueles que "organizam, influenciam ou são responsáveis ​​pelas políticas de viagens e mitigação de riscos da organização" esperam que os riscos de viagem aumentem em 2019. Sally Napper , especialista em segurança da International SOS e Control Risks, disse: “Quase metade dos tomadores de decisão acredita que os riscos de viagem aumentarão no próximo ano. Nossa pesquisa revela que os hábitos de viagem em evolução da força de trabalho moderna estão sendo negligenciados por muitas organizações ”, informa o Daily Mail .

Você também vai gostar: